To help you find more relevant content, we're making some changes.
Starting in October you will need to sign in to 3D Warehouse to download models.
Learn more.
Igreja de Santa Luzia

Igreja de Santa Luzia

pablo G.
Description
Uma das versões sobre a origem pretende que o navegador Fernão de Magalhães, de passagem pela baía de Guanabara em dezembro de 1519, terá feito erguer uma pequena ermida no local, então à beira-mar, em que terá depositado uma imagem de Nossa Senhora dos Navegantes. Outra versão, atribuiu essa origem a uma capela, erguida por religiosos franciscanos, quando de sua chegada, em 1592. Esse templo terá sido ampliado em 1752. No contexto da transferência da corte portuguesa para o Brasil, João VI de Portugal mandou abrir a rua de Santa Luzia (1817), que alcançava o Convento da Ajuda, para poder transitar com a sua carruagem até igreja, em cumprimento do pagamento de uma promessa, formulada para que o seu neto, o infante D. Sebastião, ficasse curado de uma moléstia que tinha nos olhos. Desse modo, a igreja de Santa Luzia teve o seu acesso facilitado. Entre outras representações, encontra-se figurada em aquarela de Thomas Ender. Na década de 1920, com a demolição do morro do Castelo, formou-se uma esplanada com os materiais, formando-se os aterros que afastaram as águas do mar. Existiu primitivamente, nos fundos do templo, no sopé do morro hoje desaparecido, uma fonte de água à qual se atribuíam poderes milagrosos. Essa devoção é recordada ainda hoje por uma bica instalada na sacristia da igreja. #Igreja_de_Santa_Luzia
Default Title